fbpx

Em fase de aprimoramento, o equipamento tem capacidade de controlar a temperatura e a umidade relativa do ar dentro da câmara, deixando o ambiente interno ideal para maturação de queijos, que ao final do ciclo, consegue deixar o queijo com características dignas das melhores regiões europeias.

Foto: AdobeStock

O que é o projeto

A Zero Grau desenvolveu um equipamento específico para o Biopark de Toledo/PR, construindo uma câmara refrigerada especial que conta com um criterioso controle eletrônico de umidade e temperatura. Os dois fatores combinados fazem com que o equipamento simule um ambiente ideal para a maturação de queijos, melhorando as características sensoriais, gerando uma maturação de alto padrão.

Para cada tipo de queijo podem ainda existir a necessidade de adição e controle de fungos. O fungo é um agente biológico natural, utilizado para provocar os mais diferentes resultados. O equipamento ainda conta com um dispositivo que faz o controle para a não proliferação excessiva destes fungos, ou seja, mantendo o seu controle.

O Biopark

O Biopark vem desenvolvendo uma série de projetos e experimentos para fomentar a cadeia produtiva do Agronegócio, que em sua região de atuação, possui a maior bacia leiteira do Paraná. Neste contexto, o projeto auxilia no fomento e desenvolvimento de tecnologia para a melhoria de renda e o sustento do pequeno produtor rural.

O pedido do produto para Zero Grau surgiu devido a capacidade técnica de nosso time de desenvolvimento de produtos! Capacidade esta em criar e aperfeiçoar equipamentos de refrigeração, parte intrínseca de nossa atividade em busca de inovação. Um desenvolvimento coparticipativo também com o Leonardo Balcewickz Junior, especialista que coordenou importantes fases deste desenvolvimento. 

Próximo estágio

O equipamento segue com seus testes e aperfeiçoamento técnico. A segunda versão do protótipo já foi encaminhada para o teste de campo e está produzindo queijos que passam por uma rigorosa avaliação e controle de resultado.

A Zero Grau está buscando parceria fora do estado, para conseguir avaliar esta inovação aplicada em outros formatos de uso e com diferentes receitas. A ideia central deste novo estágio é entender o que este equipamento consegue fazer pelos típicos queijos nacionais e assim podermos assegurar uma real entrega de valor para este compacto equipamento.

Para quem quiser conversar mais sobre este assunto, mande um e-mail para [email protected] e talvez juntos conseguimos finalizar este estágio e contar uma nova história para todos que acompanham nossas leituras.